REFLEXÃO | SENTE AQUI, PAPAI. A GENTE PRECISA CONVERSAR SOBRE A MAMÃE!

Ei, papai! Estou ainda me acostumando à sua barba que espeta e às suas mãos grandes segurando meu corpinho de bebê, mas já percebi pelo seu sorriso que você é amigão e por isso vou te dar umas dicas sobre a mulher da nossa vida: essa mesmo, a mamãe.

Ontem de madrugada ela estava triste, sozinha e no frio. Eu chorei, porque ela não podia. Pedi colo, porque assim eu dava um pouco de colo para ela. Tente entender, papai. Então, quando perceber as dobrinhas a mais na barriguinha dela, vamos combinar de deixar pra lá. Quando ver que o cabelo dela, antes cheio e brilhante, está caindo, lembre-a que vai passar. Diga para ela todo dia que ela é linda. É isso que eu falo quando a acordo com um sorriso às 3h da manhã.

Eu e mamãe passamos 40 semanas juntos na barriguinha e eu ainda preciso muito dela. Então, se de manhã ela estiver com olheiras por não ter dormido, seja compreensivo e não se irrite se ela não achar boa ideia você ir para o futebol com seus amigos e quiser a sua companhia. Troque a minha fralda ou lave a louça lá na cozinha e lembre ela de que vai passar! Daqui a pouco vou para o futebol com você e a mamãe poderá ler aquele livro que comprou antes de engravidar e deixou de lado para ler tudo sobre maternagem.

Lembre a cada segundinho que não é fácil criar e parir uma nova pessoa. Lembre dos seios dela sempre pesados, gotejando leite e algumas vezes machucados. Eu estou aprendendo ainda e algumas vezes sou impaciente. Mas a mamãe nunca é! E se ela não souber o que fazer e se desesperar enquanto eu choro desesperado, também sem saber o que fazer com meu corpinho e as coisas novas que estou aprendendo, me pegue no colo, passeie comigo pela casa e dê alguns minutinhos para a mamãe chorar escondido, respirar fundo e voltar pra mim. Às vezes a gente vai precisar desses minutinhos longe para vermos o quanto nos queremos.

Entenda, por favor, que ela vai ficar um tempo sem maquiagem, que ela vai até esquecer de escovar os cabelos depois das madrugadas que passarmos acordados. E, se isso acontecer, penteie para ela, faça uma massagem nos seus ombros tensos. Ela acha que tem que carregar o mundo todo nos braços e ela carrega, porque eu sou o mundo dela agora (mas depois que eu tiver um pouquinho maior eu prometo deixar você entrar nesse nosso mundinho!).

Algumas noites eu vou estranhar o mundo e tudo na minha volta. Vou chorar para valer. Provavelmente, vai acontecer no mesmo dia em que eu passar a tarde toda acordado, brincando de testar minhas perninhas e bracinhos. Mamãe estará exausta, eu sei, mas não posso evitar experimentar o mundo. Quando eu tiver até vermelho de tanto chorar e a mamãe chorando junto, me pegue no colo, me leve para uma voltinha no prédio e dê para mamãe pelo menos uma hora para tomar um banho relaxante ou uma sonequinha.

Eu vou lembrar de você, papai, na mesma proporção do tempo que você se dedicar a mim. Aquelas horas que você “perder” deixando de lado um jogo na TV ou preciosas horas de sono são as que irão contar na balança do nosso relacionamento. E pode ser até que a gente se acerte quando eu estiver maiorzinho, mas não podemos deixar a mulher da nossa vida se sentindo mal com ela mesma nesse meio tempo, não é? Porque ela vai, papai. Vai se culpar, vai achar que não está dando conta.

Meu trabalho é sorrir para ela e amá-la cada dia mais. O seu é fazer parte.

REFLEXÃO | PAI É QUEM CRIA, NÃO QUEM PÕE NO MUNDO

Pai é quem cria, não quem põe no mundo. Pai é o primeiro amor de uma filha e o primeiro herói de um filho. SER PAI não é só botar no mundo, pagar uma merreca de pensão (quando paga) e achar que a criança sobrevive só com aquela quantia.

Pai não é só aquele que posta fotinho no facebook ou bota de status no whatsapp que ama o filho, mas sim amar de verdade! Pai ri, chora e corrige junto com a mãe. Pai não abandona e depois volta querendo mostrar que se importa! Pai hoje em dia é um papel raro!

Para aqueles de verdade, feliz dias dos pais. ♥️

#PensandoDireito #DiaDosPais #ThiarlesYan

REFLEXÃO | DECIDI ENTREGAR MEU FILHO PARA O PAI DELE CRIAR!

Eu tenho muito o que fazer. Quero voltar a estudar, a malhar e a sair mais com minhas amigas, e meu filho iria me prender um pouco. Mas, sempre que der vou vê-lo. De vez em quando, em algum fim de semana, talvez eu pegue ele pra ficar comigo, mas só nos finais de semana que eu não tiver nenhum compromisso. Mas, qualquer coisa eu aviso ao pai dele que estou “sem tempo”, ou também ligo para ele e falo que “a mamãe tá trabalhando muito”.

Vocês vão ver que não vou deixar de ser uma boa mãe, pois sempre estarei postando uma foto com ele nas redes sociais pra mostrar para todos o quanto eu o amo. E vou fazer de tudo para não esquecer de mandar uma mensagem para ele durante a semana, para falar que sinto saudades.

Darei também uns 200 reais por mês, se me sobrar, né? Pois as coisas estão difíceis para mim e o pai dele tem que compreender isso. Bom, acho que 200 reais será suficiente para comprar o que ele precisa com relação à alimentação, roupa, calçado, material escolar, merenda, passeios, essas coisas que criança gosta e precisa…

O resto? O pai que se vire também! Não sou obrigada a ficar dando dinheiro para o pai dele, né, vai saber se ele vai gastar com o meu filho mesmo ou com cerveja ou com a atual dele.

Te pareceu chocante? Absurdo? Uma atitude horrível?

Agora, inverta os papéis!

É uma história comum aos homens, mas só choca quando é a MÃE a protagonista.

Se você leu a mensagem até o fim, ajude curtindo e compartilhando, além de deixar seu comentário, que é muito importante. ❤🙏